Rim transplantado em Faustão ainda não funcionou, afirma hospital

Reprodução/Intagram

Fausto Silva, o Faustão, encontra-se em um estágio crítico de recuperação após um transplante de rim realizado em 26 de fevereiro. A complexidade da situação aumentou devido ao fato de que o rim transplantado ainda não iniciou suas funções. Para enfrentar complicações adicionais, uma embolização foi realizada nesta semana. Esse procedimento cirúrgico, que visa interromper seletivamente o fornecimento de sangue para áreas específicas do corpo, foi necessário para resolver problemas linfáticos que estavam impactando o processo de recuperação do apresentador.

A intervenção ocorreu no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, onde Faustão está internado desde o dia anterior ao transplante. A assessoria de imprensa da família emitiu uma nota informando que, apesar do sucesso na realização do transplante de rim, o início do funcionamento do órgão é aguardado. Até o momento, não foi divulgada uma previsão para a alta hospitalar do apresentador.

A necessidade do transplante de rim veio à tona após Faustão passar por um transplante de coração em agosto do ano passado, revelando problemas renais pré-existentes que exigiram hemodiálise e resultaram na colocação do apresentador na fila de espera por um rim por dois meses. Tanto o transplante de coração quanto o de rim ocorreram sem complicações, segundo relatos do hospital e da família.

 

Siga-nos nas redes sociais!

plugins premium WordPress